B2B, B2C e mais vários outros Bs podem deixar alguns empreendedores com menos experiência em negócios um pouco perdidos na hora de definir o cliente ou clientes. Conhecer bem esses termos pode te ajudar a pensar a estratégia de marketing e venda e, claro, garantir mais sucesso ao ter foco na hora de oferecer sua solução. E vale ressaltar, estamos falando de clientes, de quem paga a conta e não necessariamente de usuários finais, que podem ser um público diferente daquele que vai fechar o negócio. Confira um resumo desses verbetes:

B2B (Business to Bussiness/negócio para negócio)
Quando o seu cliente é uma outra empresa! Simples assim. Vende-se para pessoa jurídica e não física.

B2C (Business to Consumer/ negócio para consumidor)
Quando a venda é feita diretamente ao consumidor final. A empresa que pode ser tanto uma produtora, como uma vendedora ou prestadora de serviços que vende direto ao consumidor.

B2B2C (Business to Business to Customer/ negócio para negócio para consumidor)
Quando uma empresa faz negócios com outra visando uma venda para o cliente final. Por exemplo, uma empresa que vende seus produtos para atacadistas, redes de varejo que, por sua vez, vendem os produtos para o consumidor final.

B2G (Business to Government/ negócio para o governo)
Neste modelo os negócios são realizados entre uma empresa, que geralmente atua como fornecedora de produtos ou serviços, e o Governo. Poderia ser considerada uma venda B2B, porém existem diversas regulamentações e regras que devem ser respeitadas por imposições de lei. Os exemplos comuns de ações específicas de B2G são licitações, tomada de preços e compras de fornecedores.

C2C (Consumer to Consumer/ consumidor para o consumidor)
Este é o comércio entre consumidores, onde pode ocorrer tanto transação de bens como também de serviços. Estas transações são intermediadas normalmente por uma empresa – o dono do site ou empresa intermediária. O exemplo são os sites de leilão online como o Ebay, OLX, Mercado Livre ou classificados.

Fontes: UniversoB2B, Ecommercenews e Comércio Eletrônico Riscos Nas Compras pela Internet por André Massami Nakamura